Logo UE FEDER
Logo Cooperacion transfronteiriza

Que bonitos são os intercâmbios Galiza e Norte de Portugal

15 Xaneiro 2018

Que bonitos são os intercâmbios Galiza e Norte de Portugal

 

 Paulo Monteiro

Bem sei que o assunto já é recorrente, mas quando os exemplos são bons nunca é exagero voltar a falar deles.
Hoje falo do Programa Lacobus. O objectivo é, segundo a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), fortalecer o intercâmbio de académicos entre o Norte de Portugal e a Galiza arrancando já no próximo mês de Fevereiro com a participação de 135 universitários (docentes, investigadores e pessoal administrativo), 65 de universidades nortenhas e 70 oriundas de universidades galegas. São várias as áreas de trabalho, que vão desde as ciências da saúde até aos recursos naturais. 

Mais um programa de aproximação desta eurorregião que muitas provas tem dado de um claro e eficaz intercâmbio e onde, mais uma vez, estão presentes fundos europeus (150 mil euros do Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal). E é, naturalmente, mais uma iniciativa a aplaudir e que se associa a muitas outras. Ainda recentemente vimos minhotos e galegos a celebrarem a passagem do ano duas vezes (hora portuguesa e hora espanhola)... Vimos os Reis Magos a saírem de Portugal (Vila Nova de Cerveira e Valença) e levarem as prendas até à outra margem do rio Minho, quer a Tomiño quer a Tui, por exemplo. E já para não falar do projecto da nova ponte pedonal e ciclável entre Cerveira e Tomiño, orçada em dois milhões de euros, que contou com 26 propostas. Em Fevereiro, serão conhecidos os três projectos que passam à segunda fase. Como se vê, o Norte de Portugal e a Galiza dão cartas e fazem do ditado juntos somos mais fortes uma realidade...

Documentos

Ligazóns

Desenrrolado con Drupal